Professores e Inspetores em diversas épocas

Professor Pedro Stucchi Sobrinho
Patrono da SACC

Mensagens postadas no grupo Culto74 - Google Goups em 23/11/2009:

----------

Colegas

Grandes lembranças guardo do professor Pedro Stucchi Sobrinho e certamente muitos de nós que estudamos no Culto à Ciência temos muito a recordar e conservar viva a sua memória. Stucchi teve um papel ativo na constituição das primeiras equipes de'ginástica de solo" (depois ginástica olímpica e atualmente ginástica artística) em Campinas. Alguns de seus alunos tornaram-se campeões brasileiros e até disputaram o mundial no exterior, como José Fernando Costa Abramides, na Bulgária, em 1974. Outros tornaram-se técnicos de equipes ou professores de educação física especializados em ginástica olímpica. A equipe do professor Stucchi germinou outras, como na escola Vitor Meireles e, depois, nos clubes Regatas e Tênis, já com turmas femininas e também de ginástica ritmica. Campinas chegou a receber, em 1974, o título de Capital na Ginástica do Estado de São Paulo. É muita coisa, pois é necessário lembrar os verdadeiros milagres que Stucchi fazia para conseguir equipamentos, consertar os velhos "plintos" e tranpolins, trocar os colchões pesadíssimos (que eram enrolados e carregados por dois ou três alunos de cada vez!) por placas de tatami, obter verba para que viajássemos e pudéssemos representar o Cultão nos campeonatos colegiais em São Paulo.Uma das minhas lembranças do Stucchi vem dessa época dos colegiais, ainda nos no final dos anos 60. Num domingo em 1969 saímos, o Stucchi e a turma infantil de ginástica olímpica, de trem para São Paulo, disputarmos um campeonato municipal interclubes. O Stucchi era mestre nas articulações com os clubes e, nessa ocasião, estávamos "vinculados" na equipe do Clube Tietê. Na época eramos o Renato Véspoli, Eduardo Lopes, Tom Zé, Scafi, Destro, acho que o Edson irmão do Eduardo também estava, o Müller, são os que recordo. Da equipe juvenil foram o Hugo, Fernandinho, Abramides, mas o juvenil era o Olimpo e nós do infantil éramos simples mortais!Descemos do trem na estação da Luz e fomos caminhando, cruzamos a Praça da Luz e fomos pela Tiradentes até a Marginal, chegando ao Clube Tietê. Em minha memória vejo como se fosse hoje o Stucchi na frente, com o glorioso blusão azul do Culto, calça branca, com todos nós atrás (apesar do calor não tirávamos o agasalho!), o sol de primavera, a caminhada, a competição, as medalhas, a pizza num restaurante, a volta com a equipe já dispersa, alguns de trem, os mais novos, como eu, num carro com o pai do Destro.Stucchi, sempre impondo respeito com seu precoce cabelo branco, cuidava da gente. Ensinava a tomar gosto pelo esporte, também a competir, mas sem aquela racionalização excessiva que veio a transformar a ginástica e outros esportes anos depois. Aprendemos a cultivar um bom espírito de equipe treinando um esporte individual como a GA. Homem de poucas palavras e muitos exemplos. Tenho e terei muitas saudades suas, professor!
Jordão Horta Nunes

 

----------

Jordão,

Belo texto, principalmente pelas boas lembranças que ele nos evoca.Compartilho com você as saudades...

Paulo Weill

----------

Faço minhas, suas belas palavrasSaudades Stucchi
Edgard Antonelli

----------

Jordão,Muito legal sua referência ao professor Stucchi. Ele realmente foi umpilar de sustentação das tradições e valores do Culto à Ciência mesmonos anos recentes junto à Associação de ex alunos e outras atividades.Tarcísio, faço a sugestão de que o texto do Jordão seja enviado àfamília do professor em nome de nosso Grupo (se assim consentir oJordão). Acredito que seja uma singela mas justa homenagem e estehomem que tanto fez por nós.
Cláudio Stegun

----------

Apoiado... Sugiro, também com a anuência do Jordão, que seja encaminhado àcoluna "Opinião do Leitor" do Jornal Correio Popular. Pode ser, Jordão?Abraços
Maurício Queiroz

----------

Como o nome da SACC é "Sociedade Amigos do Colégio Culto à Ciência PatronoProfessor Pedro Stucchi Sobrinho", sugiro também encaminhar o texto à SACC,que foi uma das grandes obras do Professor, solicitando que seja colocado nosite www.cultoaciencia.com.br .

Tarcísio Lopes

----------

É, Jordão,

Não costumo comentar essas mensagens, mas gostei muito do que você escreveu;por, muito justamente, homenagear o Stucchi, mas também por lembrar algumasdas qualidades do Cultão e de uma forma de encarar o esporte que hoje nãoexistem mais.

Grande abraço
Marcos Bicalho

----------

© Sociedade amigos e ex alunos do Colégio Culto à Ciência

  • Facebook Grunge
  • Google + Grunge
CONTATO
CONTATO
CONTATO
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now